terça-feira, 16 de outubro de 2012

Belfort: 'Quero revanche contra o Jon Jones mais do que contra Anderson'

Brasileiro diz que vai 'navegar nas duas categorias', mas que, se pudesse escolher, lutaria de novo contra o campeão meio-pesado

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue 

Nos últimos dois anos, Vitor Belfort teve a chance de disputar dois cinturões diferentes no UFC. Em fevereiro de 2011, ele enfrentou Anderson Silva pelo título do peso-médio e foi nocauteado. Em setembro deste ano, foi finalizado por Jon Jones em duelo válido pelo posto de número 1 dos meio-pesados. Em entrevista ao programa ''No Mundo da Luta'', da rádio ''Beat 98'', Belfort revelou que não sabe em que categoria vai atuar a partir de agora.

Chamado às pressas para encarar Jones no mês passado, ele disse que pode fazer outras lutas na divisão. Aliás, uma revanche diante de seu último rival o deixa mais interessado do que uma nova oportunidade de enfrentar Spider.

Vitor Belfort (esq.) marcou presença no UFC Rio III (Foto:Amanda Kestelman/Globoesporte)


- A derrota para o Jon Jones foi muito difícil, você tem que olhar para frente e ver o que é o futuro. Eu quero uma revanche contra o Jon Jones, mais do que uma contra o Anderson. Essa luta está muito na minha garganta, estava indo muito bem. Quero lutar novamente tendo me programado melhor. Vamos ver, acho que vou navegar nas duas categorias. Óbvio que o meu plano era ficar nos médios, mas vamos navegar nas duas. No que o UFC precisar, eu estou aí para eles. Mas se eu pudesse escolher, seria o Jon Jones - declarou Belfort.

Enquanto não tem uma nova luta marcada, Vitor Belfort segue acompanhando o Ultimate como expectador e torcedor. No último sábado, ele esteve no Rio de Janeiro para assistir ao UFC 153 e elogiou as performances de Anderson Silva e Rodrigo Minotauro.

- Anderson Silva é um maestro, fez uma orquestra do jeito dele. Quem conhece sabe que, quando o oponente o deixa entrar no jogo dele, ele é fatal. Foi fantástico. Na luta do Rodrigo, eu estava quase fazendo córner. Gosto muito dele. Treinamos muito juntos, sei das dificuldades que ele passou e fiquei muito feliz com a vitória. Ver o sucesso do outro faz bem para a gente, me deixa feliz - declarou.





Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More