quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Ronda Rousey volta a criticar Cyborg e diz que única opção é enfrentá-la

Lutadora americana garante que não é o momento de Cris Cyborg fazer exigências e chama a lutadora brasileira de farsante e trapaceira

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue

>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue 

Atual campeã dos pesos-galos do Strikeforce, Ronda Rousey mais uma vez voltou a falar sobre o combate do MMA feminino mais aguardado de todos os tempos, contra a brasileira Cris "Cyborg" dos Santos. Em recente entrevista, a lutadora americana voltou a ressaltar que a brasileira não tem outra opção senão aceitar lutar contra ela entre os pesos-galos, descendo da sua categoria atual, os pesos-penas. Rousey também voltou a tirar o mérito das vitórias de Cyborg ao relembrar que a brasileira lutava sobre o efeito de esteróides, o que lhe proporcionava um desempenho desigual em relação às suas adversárias.

- Eu acho que a Cyborg realmente não tem outras opções além de mim. Eu acho que ela é uma vítima de seu próprio engano. Enquanto ela estava dopada, ela parecia ser tão superior a todas as outras meninas que fez a categoria das mulheres parecer ruim. Então, ela limpou sua própria divisão por causa disso. Agora ela está tendo que lidar com as consequências disso. Ninguém vai querer lutar com uma trapaceira. Eu sou praticamente a única opção e estou cheia de opções - disse Rousey à rádio "Sherdog".

Rousey volta a criticar Cyborg e fala que a brasileira não pode fazer exigências (Foto:Esther Lin/Showtime)

Cyborg não luta desde que falhou no exame antidoping para esteróides em dezembro passado. Ela está cumprindo uma suspensão de um ano e também foi destituída de seu título dos pesos-penas do Strikeforce. Enquanto isso, Rousey emergiu como uma estrela. Campeã da organização entre os pesos-penas, a americana desafiou Cyborg a reduzir o seu peso para um confronto entre elas, mas a brasileira respondeu a convidando para voltar a lutar no peso-pena, categoria na qual a atual campeã dos galos estreou no MMA.

- Eu poderia, mas eu estou escolhendo, honestamente, por eu não confiar em qualquer um dos testes de drogas. Eu venho fazendo isso por um tempo muito, muito longo e eu participei dos Jogos Olímpicos com o teste de drogas mais rigoroso do mundo. Você sabe que muitas daquelas pessoas estão dopadas. Não há novos avanços em testes de drogas porque as pessoas estão sempre encontrando novas maneiras de burlar. A única maneira que eu posso realmente sentir como seria uma luta justa é se ela baixar para os pesos-galos. Se ela está completamente dopada e quer lutar entre os pesos-penas, não é realmente tão improvável para mim pensar que alguém que não esteja usando esteróides possa descer uma divisão - esclareceu Rousey.

Utilizando a ironia que lhe caracterizou em suas entrevistas, Rousey debochou sobre a declaração da brasileira de que descer para os pesos-galos seria algo agressivo para seu corpo e que uma mudança de categoria não seria saudável, podendo acarretar em graves danos ao organismo. A americana criticou a postura dos médicos que fornecem esteróides para lutadores e desqualificou a opinião do médico de Cyborg.

- É este o mesmo médico que estava lhe dando os esteróides? O que você acha que ele diz a suas outras garotas quando elas estão cheias de esteróides, esmurrando-os no rosto? Apenas soa completamente hipócrita para mim. Eu não posso suportar isso - ironizou Rousey.

Cyborg e Ronda Rousey é considerado o confronto dos sonhos

Rousey também fez questão de ressaltar que no momento atual a brasileira não está em posição de fazer exigências. Segundo a americana, Cyborg terá de provar que pode vencer sem o uso de esteróides e que uma luta com ela seria a oportunidade perfeita para mostrar que pode vencer de forma justa e saudável.

- Ela foi exposta como uma fraude. Ela não ganhou uma luta real, uma luta realmente gravada, em dois anos. Para ela voltar de sua suspensão e dizer algo como, "Eu quero uma luta pelo título e eu quero que seja no peso que eu quero, e eu quero, eu quero, eu quero" - de onde vem todos esses desejos e senso de direito que ela está buscando? Você não deveria estar querendo provar-se a todos os outros? Que, "Sim, eu posso fazer isso. Eu não preciso de drogas. Eu posso lutar entre os pesos-galos. Eu posso vencê-la de qualquer maneira". Eu acho que ela está mostrando muita insegurança - finalizou Rousey.





Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More