segunda-feira, 1 de outubro de 2012

St-Pierre não teme Spider: 'Encaro quem for colocado na minha frente'

Perto de voltar ao octógono depois de 19 meses parado, lutador canadense afirma que quer ser o melhor lutador do mundo e não escolhe adversário


>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue   


St-Pierre (foto) vai lutar com Carlos Condit no dia 17 de novembro

O resultado da luta entre Georges St-Pierre e Carlos Condit, no UFC 154, pode trazer consequências para duas categorias diferentes do Ultimate. Uma vitória de GSP deve colocá-lo no caminho de Anderson Silva em um duelo entre o campeão dos meio-médios contra o dono do cinturão dos médios em um peso intermediário. O canadense voltou a falar sobre o assunto em entrevista para o "MMA Brasil TV" e desta vez revelou um outro objetivo. Ele considera que vencer lutadores do gabarito do Spider pode colocá-lo como o número 1 do mundo peso por peso.

- Eu não sou covarde, sabe? Vou atrás dos maiores desafios, quero ser o melhor. E para ser o melhor, tem que vencer os melhores. Eu encaro quem for colocado na minha frente - disse o canadense.

A luta entre Georges St-Pierre e Carlos Condit será disputada no dia 17 de novembro. O canadense teve de superar uma lesão no joelho e explica que precisou buscar uma nova rotina para não ter que treinar sem motivação. Confira os principais trechos da entrevista:

Especulações de que iria se aposentar do MMA

"Essas especulações aconteceram porque eu não estava mais me divertindo antes (das lesões). Estava treinando mais do que podia. Eu precisava de algo que mudasse minha rotina, algo que tornasse as coisas mais divertidas. Porque antes eu treinava por obrigação, agora treino porque amo, então tem sido legal. Agora eu estou 100% e melhor que nunca, com nova rotina, novos tipos de treinamento, mal posso esperar. Agora eu treino de modo mais eficiente, tantas coisas... Eu me mudei, moro mais perto da academia, então eu tenho mais tempo. Não tenho mais que dirigir por 45 minutos para chegar aos treinos, porque eu treino duas vezes ao dia. Então é muito bacana, torna as coisas mais fáceis, mais simples".

Insatisfeito com últimas apresentações

"Eu fui muito criticado por não terminar as lutas antes do fim. Infelizmente esses meus dois últimos combates não foram da forma que eu gostaria que fossem, mas agora estou de volta com mais sangue nos olhos. Quero ser especialmente mais oportunista, então acho que as coisas serão melhores".

Georges St-Pierre não luta desde 30 de abril do ano passado (Foto: AFP)

Como lidar com as críticas


"Eu me critico e ouço as críticas, acho que é importante a visão de quem está de fora. Não deixo isso dominar minha mente, mas é importante o suficiente para que eu compreenda que preciso ser mais oportunista e melhor. O principal é que seja divertido. Estar fazendo as coisas não porque eu tenho que fazer, mas porque gosto. Sempre que acordo de manhã, estou feliz, motivado para treinar. E eu quero me manter assim porque quando estou contente, quando faço o que gosto, faço as minhas melhores lutas".

Quem enfrentar depois de Carlos Condit

"Acho que é muito cedo para especular, há tantas coisas... Posso pegar o vencedor de Kampmann e Hendricks, talvez Nick Diaz, talvez Anderson Silva... Eu lido com uma luta de cada vez. Eu não sou covarde, sabe? Vou atrás dos maiores desafios, quero ser o melhor. E para ser o melhor, tem que vencer os melhores. Eu encaro quem for colocado na minha frente".

Na bronca com provocações de Nick Diaz

"Sim. Eu fiquei um pouco (chateado com as provocações), mas eu queria lutar com Nick Diaz porque era a luta que todo mundo queria assistir. Então, eu quero essas grandes lutas que todo mundo queira ver. Quero fazer história, sabe? E, no momento, Carlos Condit é o melhor, então quero lutar com ele. Depois disso a gente vê o que acontece".




Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More