sábado, 10 de novembro de 2012

UFC Macau Paulo Thiago sofre a quarta derrota nas últimas cinco lutas

Brasileiro sofre a quarta derrota nas últimas cinco lutas e corre risco de ser demitido. Sul-coreano se recupera de revés diante de Demian Maia

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue


A fase do meio-médio brasileiro Paulo Thiago definitivamente não é boa. Após um grande início no Ultimate em 2009, quando estreou com vitória por nocaute sobre o renomado Josh Koscheck, o soldado do Bope de Brasília foi amplamente dominado pelo jogo de chão do sul-coreano Dong Hyun Kim no UFC Macau, na manhã deste sábado (noite na China), e sofreu a quarta derrota nas últimas cinco lutas na organização. Antes, ele havia perdido para Martin Kampmann, Diego Sanchez e Siyar Bahadurzada, e vencido apenas David Mitchell no primeiro UFC Rio.

Formado no judô, Kim iniciou a luta partindo com tudo para pegar a perna de Paulo Thiago e levá-lo para o chão. Mas o sul-coreano conseguiu a queda mesmo com uma rasteira, após agarrar as costas do rival. No chão, Kim disparou alguns golpes para cima do brasileiro, que se esforçava sem sucesso para sair da posição. Entre algumas tentativas de encaixar um mata-leão, o asiático teve todo o domínio no primeiro round. No finzinho, ele fechou uma guilhotina mesmo sobre o queixo do "caveira" e apertou o golpe, mas soou o gongo.

Paulo voltou mais agressivo para o segundo assalto e tentou um chute alto. Kim conseguiu colocar o duelo para baixo de novo, e o brasileiro pegou o braço esquerdo dele para tentar a kimura. Sem o encaixe, Paulo ficou exposto na grade e abriu espaço para as joelhadas do sul-coreano no corpo. No minuto final, o soldado do Bope até inverteu a posição e voltou a ficar de pé, mas Kim levou para baixo e chegou a fechar uma guilhotina, que novamente foi interrompida pelo gongo.
Dong Hyun Kim domina Paulo Thiago no jogo de chão (Foto: Getty Images)

À la Chael Sonnen contra Anderson Silva, Kim deu um soco rodado no ar e se desequilibrou no terceiro assalto, só que Paulo não foi para cima a tempo. O sul-coreano, outra vez, pegou as costas e "amarrou" a luta, anulando o jogo dele. Sem reação e só se defendendo, Paulo levou uma série de socos no rosto. No finzinho, Kim passou a socar com as duas mãos juntas. Na decisão dos jurados, vitória do asiático por decisão unânime dos jurados (30 a 26, 30 a 27 e 30 a 27).

Paulo Thiago, de 31 anos, agora tem 14 vitórias e cinco derrotas na carreira. Dong Hyun Kim, um ano mais novo, chegou ao triunfo de número 16 em 20 lutas no cartel. De quebra, recuperou-se de um revés para o brasileiro Demian Maia no UFC 148, quando machucou as costas em uma queda.



Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More