sábado, 1 de dezembro de 2012

Hendricks diz que só luta pelo título e mostra estar com raiva de St-Pierre

Americano diz que campeão quer 'controlar seu futuro' e reclama: 'Ele (GSP) está tentando impedir que chegue dinheiro às minhas crianças'

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Johny Hendricks não está nem um pouco feliz com Georges St-Pierre e a equipe que o acompanha. Ao nocautear Martin Kampmann no UFC 154, o americano alcançou, segundo Dana White, o posto de desafiante número 1 da categoria dos meio-médios. Mas o atual campeão e seu time têm outros planos em mente: um é a superluta contra o brasileiro Anderson Silva, e outro é um duelo contra Nick Diaz, desafeto de St-Pierre e que foi definido como o principal desafiante da divisão por Firas Zahabi, treinador do canadense. Hendricks não poupou críticas ao rival:

Johny Hendricks nocauteou Martin Kampmann em 46 segundos no UFC 154 (Foto: Agência Getty Images)

- Ele (St-Pierre) está tentando impedir que chegue dinheiro às minhas crianças. Se eu ganhar esse cinturão, minha vida muda. Ele está tentando não me dar essa oportunidade justa. É muito louco pensar que esse cara está tentando controlar meu futuro. Isso me faz querer vencê-lo mais ainda - afirmou o lutador americano ao site "MMA Junkie".
É muito louco pensar que esse cara está tentando controlar meu futuro. Isso me faz querer
vencê-lo mais ainda"
Johny Hendricks

Aos 29 anos, Hendricks tem 10 lutas no UFC e apenas uma derrota, para Rick Story em dezembro de 2010. Desde esse revés, venceu cinco seguidas, sendo as últimas três sobre nomes bem conhecidos: Jon Fitch (nocaute em 12 segundos), Josh Koscheck (decisão dividida) e Kampmann (nocaute em 46 segundos). Ele garantiu que a próxima vez que entrar no octógono será para disputar o cinturão da categoria:

- Não vou lutar a não ser que seja pelo cinturão. Nada mais importa além do cinturão. Minhas últimas três lutas foram contra lutadores do top 5 da categoria, e eu nocauteei em duas delas. Essa é minha reivindicação. Estou em um nível muito alto agora, e a única coisa que falta é ganhar a chance de disputar o cinturão. Eu realmente quero esse título. As chances não chegam tanto assim, e sinto que fiz o suficiente para merecer isso. Estou treinando para uma luta de cinco rounds (ou seja, uma disputa de cinturão), e é isso.

St-Pierre manteve o cinturão no mesmo evento ao derrotar Carlos Condit (Foto: Agência Getty Images)

Para Hendricks, St-Pierre e sua equipe acreditam que ele oferece mais perigo ao campeão do que Diaz, e por isso estariam "vendendo" a ideia de fazer esse duelo contra seu compatriota:

- Aí está um cara que está tentando pular fora de uma boa curva, dizendo: "Nós realmente não achamos que podemos vencer esse cara (Hendricks), mas achamos que podemos vencer Nick Diaz". Para mim, é isso que está parecendo - ironizou, fazendo referência ao beisebol.



Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More