quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Cormier dispara como favorito nas bolsas de aposta e reclama: 'Ridículo'

Apostador precisa pagar US$ 2 mil para ganhar US$ 100 com a vitória do americano: 'Isso é muito desrespeitoso com Dion Staring'

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Invicto no MMA com 10-0 no cartel, Daniel Cormier dá adeus ao Strikeforce neste sábado. O futuro lutador do UFC vai encarar o holandês Dion Staring (28-7) e tem um favoritismo incrível nas bolsas de apostas. No momento, cada apostador precisa investir US$ 2 mil (R$ 4.082) para ganhar apenas US$ 100 (R$ 204). Para se ter uma ideia, para levar os mesmos US$ 100 na vitória de Anderson Silva sobre Chael Sonnen, uma pessoa tinha que apostar US$ 1.350 (R$ 2.755). Cormier estranhou o fato de ter tanta gente considerando que ele vai ganhar.

- Eu acho que é realmente ridículo. É muito desrespeitoso com Dion também. Esse cara teve uma carreira longa e lutou com um monte de gente. Tratarem ele assim é meio ridículo. Em uma luta de MMA, tudo o que é necessário é um soco de um homem pesado para para te derrubar - disse Cormier ao site "Bloody Elbow".

Daniel Cormier (dir.) venceu o GP dos pesados do Strikeforce em 2011 (Foto: Divulgação / ShowTime)

O evento do Strikeforce em Olkahoma City será o último da história. Cormier, que luta por lá desde o início da carreira no MMA, em 2009, há muito o que se lamentar com o fim da organização.

- É meio triste porque quando olhamos para trás, vemos que o Strikeforce teve um grande produto e grandes lutadores. Investiram em mim me deu a oportunidade de construir a minha carreira, basicamente estive na TV o tempo todo, tem sido incrível. Com o Strikeforce você tinha caras jovens como eu, Tarec Saffiedine, Tyron Woodley... Estávamos crescendo através da série Challenger e fazendo cards debaixo de estrelas de grande nome. Quando eu lutei com Jeff Monson, as pessoas poderiam ter ligado para ver a luta de Alistair Overeem com Fabrício Werdum, mas tinham que ver a minha também. O Strikeforce estava fazendo exatamente o mesmo que o UFC, em certo sentido, na medida em que você parava para ver uma Georges St-Pierre e descobrir outra pessoa nas preliminares. É como você construir seus futuros astros, e eu não sei se o Bellator tem grandes nomes o suficiente para realmente atrair esse público, fora o King Mo (Lawal) - declarou.

O peso-pesado vai estar na penúltima luta da noite. A atração principal de sábado terá a disputa do cinturão do peso-meio-médio. O campeão Nate Marquardt vai defender o título diante de Tarec Saffiedine. Confira o card completo:

Strikeforce: Marquardt x Saffiedine
12 de janeiro de 2013, em Oklahoma City (EUA)

Nate Marquardt x Tarec Saffiedine
Daniel Cormier x Dion Staring
Josh Barnett x Nandor Guelmino
Gegard Mousasi x Mike Kyle
Ronaldo Jacaré x Ed Herman
Pat Healy x Kurt Holobaugh
Roger Gracie x Anthony Smith
Tim Kennedy x Trevor Smith
K.J. Noons x Ryan Couture
Jorge Gurgel x Adriano Martins
Estevan Payan x Mike Bravo



Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More