quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Criticado, Cigano revela lição após derrota: 'Estar preparado para mudar'

Ex-campeão peso-pesado do UFC reclama da exigência do público por vitórias, admite erros contra Velasquez e se diz ansioso para lutar de novo


>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

A derrota de Júnior Cigano para Cain Velasquez foi um banho de água fria nos fãs. Considerado um dos melhores boxeadores do UFC, o então campeão dos pesos-pesados havia conquistado o cinturão justamente sobre o americano, com um nocaute fulminante no primeiro round, e estava invicto. O revés inesperado, porém, tem ajudado o brasileiro a repensar sua estratégia no octógono. Ciente de seus erros e da exigência do público, Cigano afirmou, em entrevista ao “Sensei SporTV”, que pretende tornar mais eficaz o uso da luta no chão como um "plano b".

- Estou aprendendo muito com tudo o que está acontecendo, não só para cuidar de mim, mas para ver as coisas melhor. Estar preparado para mudar. Sabia que tinha uma estratégia dois, usar o chão, mas eu não pensei nela. Tenho que estar preparado para mudar o jogo enquanto for necessário. Mas é difícil, pois esperam uma luta boa e vitória, depois criticam bastante pela derrota. Mas faz parte, estou aprendendo e vou aprender muito mais com tudo isso - disse o lutador.

Junior Cigano foi castigado em Las Vegas
(Foto: AP)

A perda do cinturão ,no dia 29 de dezembro do ano passado, em Las Vegas (EUA) , possui explicação, segundo Cigano. Ele acredita que pecou diante de Velasquez ao não ser capaz de variar sua estratégia.

- Estava me sentido bem, vendo as coisas. O que lembro é que ele foi batendo na minha cara e coloquei a mão, levantei, e depois ele tentou outras quedas, me derrubou. Mas eu treinei muito chão, estava bem, ganhei até minha faixa preta. Eu estava desconcentrado e não passou na minha cabeça em usar o jiu-jítsu. Tive oportunidades de raspar. Se é para ficar no chão, que fiquemos no chão - afirmou.

Cigano não acredita, contudo, que será brindado com uma revanche direta contra Velasquez. O catarinense se disse, porém, ansioso para voltar a lutar.

- É lógico que se tivesse a revanche de imediato eu adoraria, mas acho que vou ter que fazer um luta antes. Espero que seja rápido, porque estou me sentido muito bem. Quero voltar logo à ativa. Espero o mais rápido que puder.




Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More