terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

José Aldo aceita enfrentar Pettis, mas pede para disputar título dos leves depois

Técnico Dedé Pederneiras diz que colocou disputa de cinturão na categoria de cima como condição para duelo. Aldo promete: 'Cabeças vão rolar'

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

O presidente do UFC, Dana White, anunciou durante um chat com fãs nesta segunda-feira à noite que o combate entre José Aldo e Anthony Pettis está confirmado. O duelo, que estava ameaçado, segundo ele, pela recusa do brasileiro em colocar seu cinturão dos pesos-penas em jogo, valerá o título. A contrapartida, de acordo com André Pederneiras, técnico do campeão, é que o brasileiro dispute o cinturão dos pesos-leves em seguida.

- Eu tive uma reunião hoje (segunda-feira) com o José Aldo e o Aldo disse: "Vou acabar logo com essa palhaçada. Estão dizendo que eu estou correndo, então eles vão ver quem vai correr de quem na hora! Se vocês gostam de porrada, podem comprar o pay per view do dia 3 de agosto que vocês vão ver isso, porque cabeças vão rolar." Na hora, liguei para o Dana White para confirmar o combate, mas com uma condição: depois dessa luta, o combate vale a disputa de cinturão contra o campeão dos leves - contou Pederneiras ao SporTV, que espera ainda que o duelo entre os dois aconteça no Brasil.

José Aldo x Anthony Pettis deve rolar em agosto no Brasil (Foto: Editoria de Arte)

- Agora vamos sentar e planejar como vai ser o camp, que deve começar daqui a algumas semanas. Essas luta deve ser no Brasil.

Será a segunda luta seguida do brasileiro contra ex-campeões da categoria de cima, o peso-leve (até 70,3kg). Em fevereiro, Aldo derrotou Frankie Edgar, ex-detentor do cinturão no Ultimate, por pontos no UFC 156. Na mesma noite, Anthony Pettis, que foi o último campeão dos leves no extinto WEC e é o atual desafiante número 1 entre os pesos-leves, pediu uma oportunidade contra ele.

O Ultimate gostou da ideia e chegou a anunciar o confronto para agosto, no UFC 163. Porém, no último sábado, após o UFC 157, White revelou à mídia que José Aldo e Dedé Pederneiras estavam resistindo ao combate, pois discordavam que o americano merecesse uma oportunidade direta pelo título à frente de outros lutadores da categoria. O dirigente emitiu uma ameaça à equipe se não aceitasse o combate.

Dois dias depois, nesta segunda, White disse em seu chat que conversou com o agente de Aldo, Dedé Pederneiras, e está tudo acertado.

- A luta entre Aldo e Pettis está fechada. Vai acontecer, em agosto - disse o dirigente.

Pouco depois de divulgar a novidade no chat, Dana White publicou em seu Twitter que o combate estava acertado, e que seria pelo cinturão até 65,8kg. José Aldo também se manifestou.

- Vamos que vamos, ui nego! - escreveu o campeão nas redes sociais.

Tanto Aldo quanto Pettis foram campeões no WEC, extinto evento absorvido pelo UFC em 2011. Porém, como a divisão do brasileiro não existia no Ultimate, ele manteve seu cinturão ao fazer a transição para a organização, e o defendeu quatro vezes desde então. Pettis aceitou fazer uma luta antes de encarar o então campeão, Frankie Edgar, e acabou derrotado por Clay Guida, por pontos. Desde então, venceu três combates seguidos e se reposicionou como desafiante número 1 ao cinturão dos pesos-leves, atualmente em posse de Benson Henderson.

Pettis tem 16 vitórias e duas derrotas no cartel. José Aldo, por sua vez, compila 22 triunfos e apenas um revés na carreira, e está invicto em 15 lutas desde 2006.




Por:Ana Hissa/SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More