quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Paulo Thiago troca Brasília pelo Rio: 'Abandonei tudo que tinha lá. É agora'

'Caveira' sai da Constrictor Team, tira licença do Bope do DF e passa a treinar na XGym: 'Lá eu não tinha tantos parceiros de treino do meu peso'


>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Paulo Thiago na XGym, no Rio (Foto: Ivan Raupp)

Paulo Thiago está motivado a dar um novo rumo à carreira dentro do UFC. Com quatro derrotas nas últimas cinco lutas, o peso-meio-médio (até 77kg) deixou a equipe Constrictor Team, em Brasília, e tirou licença do Bope do Distrito Federal para se dedicar somente ao MMA. Ele se mudou para o Rio de Janeiro e agora faz parte da XGym, que é comandada pelo trio Josuel Distak, Rogério Camões e Sylvio Bhering.

- É treinar bastante, me dedicar ao máximo. Estou fazendo isso. Abandonei tudo que eu tinha lá em Brasília, entrei de licença na polícia, deixei minha família e tudo que eu tinha para me dedicar 100% aos treinos. É agora! - disse o "Caveira".

Para Paulo Thiago, a principal diferença dos treinos em Brasília para os no Rio são os companheiros de equipe, que agora têm o peso mais adequado para ele. Lá, ele treinava com atletas mais leves, como Francisco Massaranduba, Diogo Fofão (ambos do peso-leve, até 70kg), Rani Yahya e Renato Moicano (ambos do peso-pena, até 66kg):

O 'Caveira' é observado pelos companheiros de equipe no octógono (Foto: Pedro Veríssimo)

- A XGym é uma equipe muito forte, tem muitos atletas de ponta. A grande diferença que existe em relação a Brasília é o peso. Lá eu não tinha tantos parceiros de treino do meu peso. Na minha ex-academia, eu era o mais pesado, então os meus parceiros de treino eram mais leves do que eu. Acho que isso conta bastante na hora do treino. Eu precisava treinar com caras mais fortes. Acho que isso está fazendo a diferença. Aqui tem o (Ronaldo) Jacaré, o Erick (Silva), o (Ederson) Lion, (Rafael) Feijão, está lotado de lutadores que estão arrebentando. Deve estar chegando o Anderson (Silva), então acredito que vai ser legal para caramba aqui.

Paulo Thiago e Erick Silva conversam antes do
treino na nova casa (Foto: Ivan Raupp)

Mesmo com a recente sequência negativa no Ultimate, Paulo teve o contrato com a organização renovado por quatro lutas. Ele acha que esse crédito se deve ao fato de ter enfrentado atletas tops dos meio-médios. Nas últimas cinco, perdeu para Martin Kampmann, Diego Sanchez, venceu David Mitchell, e caiu de novo diante de Siyar Bahadurzada e Dong Hyun Kim.

- Acho que sou um cara que tem uma imagem legal dentro do evento. Tenho muitos fãs, e sempre faço lutas duras. Mesmo com a derrota eu faço lutas duras, e só lutei contra caras de ponta da categoria. Tudo isso influenciou, e resolveram me dar mais uma chance. Só tenho a agradecer - disse Paulo Thiago, que nocauteou Josh Koscheck em sua estreia no UFC.



Por: Ivan Raupp

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More