segunda-feira, 18 de março de 2013

Minotauro ficaria longe de possível Cigano x Pezão: 'Eu me sentiria mal'

Mentor e amigo dos dois atletas diz que não ajudaria no treino de nenhum deles. 'A única coisa boa disso é que o cinturão vai estar no Brasil', afirma

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Se antes já era sempre trazida à tona pela imprensa e pelos fãs, a possível luta entre os amigos Antônio Pezão e Junior Cigano agora está ainda mais em evidência, uma vez que o primeiro vai disputar o cinturão peso-pesado contra Cain Velásquez no UFC 160, dia 25 de maio, e o segundo está a uma vitória sobre Mark Hunt, no mesmo evento, de ganhar a chance de tentar trazer o título de volta. Ou seja, se os dois vencerem, muito provavelmente vão se enfrentar em seguida. Considerado mentor por ambos, Rodrigo Minotauro não quer que esse dia chegue. Ele admitiu que não ficaria à vontade com o duelo e afirmou que não se envolveria com o treinamento de nenhum deles:

- Eu não gosto de ver, e não ficaria no córner, não ajudaria no treinamento. Não me sentiria bem, me sentiria mal. Mas fico feliz por dois caras que ajudei no treinamento e que ajudaram em várias fases da minha vida estejam lutando pelo cinturão mundial. Mostra que o trabalho foi bem feito - 

Minotauro com Pezão (à esquerda), e depois com Cigano (Foto: Montagem sobre foto do Twitter)

Para Minotauro, o único lado bom de uma luta entre Pezão e Cigano é que o cinturão peso-pesado permaceria no Brasil com toda a certeza. Apesar de não gostar da ideia, ele entende a parte profissional da questão e acredita que os dois aceitarão se enfrentar:

- Eu acho que eles lutariam. Logicamente o Pezão é um cara que treina muito comigo, e o Cigano também. E os dois querem ser o campeão mundial. Que profissional não quer? Se eles quiserem lutar, que assim seja. Vão lutar. A única coisa boa disso é que o cinturão vai estar no Brasil. Os dois caras são muito amigos meus.

Em relação à disputa de cinturão de Pezão, Minotauro acha que o amigo está mais preparado do que na primeira vez em que enfrentou o hoje campeão Cain Velásquez, no ano passado, quando foi quedado pelo americano logo no início e sofreu um corte profundo na testa por conta das cotoveladas dele, o que resultou na interrupção médica ainda no primeiro round (nocaute técnico):

- O Pezão está mais preparado para essa luta. Aquela foi a primeira luta dele no UFC, muita responsabilidade. Ele tomou cotovelada, a luta foi parada. Acredito que o Pezão está mais versátil, com a trocação melhor, e pode fazer uma luta melhor. Conhece mais o jogo do Velásquez. Ele está com um wrestler muito bom, que já ganhou do Velásquez algumas vezes. O nível de wrestling dele está melhor. Vamos trabalhar para ele conquistar esse cinturão.





Por:Ivan Raupp/SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More