segunda-feira, 22 de abril de 2013

Henderson vence Melendez apertado e pede a namorada em casamento

Campeão dos leves mantém o cinturão com vitória por decisão dividida. Início do desafiante é superior, mas Bendo mostra força e consegue reagir

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue

>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

O cinturão peso-leve do UFC não mudou de mãos, mas não dá para dizer que segue em poder exatamente da mesma pessoa. Ben Henderson entrou no octógono montado em San Jose, neste sábado, namorando. E saiu noivo. De forma apertada, o lutador americano derrotou o último campeão da categoria no Strikeforce, Gilbert Melendez, em uma batalha de cinco rounds, e aproveitou a ocasião para pedir a namorada, Maria Magana, em casamento, para a surpresa do público (veja no vídeo).

- Não sou perfeito, mas você me faz feliz todos os dias, me faz o homem que eu queria ser. Casa comigo? - disse o detentor do cinturão, antes de a namorada dizer "sim" ao pedido.

O campeão venceu por decisão dividida dos jurados. Ele teve um início inferior ao do desafiante, mas conseguiu se recuperar e virou o combate, na opinião de dois dos três juízes laterais. Foi a terceira defesa de cinturão dele, que já havia derrotado Frankie Edgar e Nate Diaz e agora tem um cartel de 19 triunfos e duas derrotas. Melendez, por sua vez, perdeu uma invencibilidade de sete lutas e sofreu o terceiro revés da carreira, que conta com 21 triunfos.

Benson Henderson beija a agora noiva Maria Magana após a vitória (Foto: Getty Images)

A luta: Henderson reage após início ruim

Melendez tentou encurtar a distância de cara. Henderson acertou um jab de encontro que levou o desafiante para trás, mas levou o troco na mesma moeda e caiu. Bendo aplicou um chute, Melendez segurou a perna e jogou o rival contra a grade para em seguida encaixar uma joelhada voadora. Em mais um chute do Henderson, Melendez pegou a perna novamente e jogou o oponente para baixo.


Os dois partiram para uma trocação bem técnica no segundo round, com Melendez acertando ligeiramente mais golpes. Henderson sentiu o mau momento e passou a jogar só no contra-ataque. Quando resolveu tomar a iniciativa e entrar no raio de ação do adversário, Henderson tomou mais golpes do que acertou.

Henderson pediu o apoio do público californiano, mas ouviu gritos de "El Niño", apelido de Melendez, que é nascido no estado. Mais ativo, Bendo desequilibrou o rival com um chute baixo fortíssimo. Melendez respondeu com uma combinação certeira de jab e direto. Henderson foi nas pernas e conseguiu a queda, mas o desafiante logo se levantou. Depois, Bendo atacou com um direto, e levou o troco com outra combinação. No finzinho, Bendo conseguiu nova queda e terminou o assalto batendo por cima.

No quarto assalto, Henderson abriu um pequeno sangramento no rosto de Melendez com bons golpes. O dono do cinturão tentou a queda, bem defendida por Melendez. Bendo encaixou outro chute que desequilibrou o rival e foi para as costas, mas a luta logo ficou em pé. No fim, Melendez encurralou Henderson com uma sequência de golpes diretos.
Henderson (E) acerta joelhada no corpo de Gilbert Melendez (Foto: Getty Images)

Com o duelo equilibrado, o quinto round teve início com um chute alto de Henderson. Bendo tentou manter uma distância segura a partir dos jabs, mas Melendez novamente o encurralou na grade com alguns golpes. Henderson acertou boa cotovelada na cabeça. No minuto final, os dois trocaram socos no centro do octógono, com Melendez acertando um pouco mais. Ambos levantaram os braços ao fim do combate, mas somente Ben Henderson pôde comemorar. E foi por pouco. Na decisão dividida dos jurados, vitória do campeão (47 a 48, 48 a 47 e 48 a 47). Com o cinturão em mãos, Bendo pediu a mão da namorada e fechou a noite com chave de ouro.

Veja a seguir todos os resultados do "UFC: Henderson x Melendez":

CARD PRINCIPAL
Ben Henderson venceu Gilbert Melendez por decisão dividida dos jurados
Daniel Cormier venceu Frank Mir por decisão unânime dos jurados
Josh Thomson venceu Nate Diaz por nocaute técnico no segundo round
Matt Brown venceu Jordan Mein por nocaute técnico no segundo round

CARD PRELIMINAR
Chad Mendes venceu Darren Elkins por nocaute técnico no primeiro round
Francis Carmont venceu Lorenz Larkin por decisão unânime dos jurados
Myles Jury venceu Ramsey Nijem por nocaute no segundo round
Joseph Benavidez venceu Darren Uyenoyama por nocaute técnico no segundo round
Jorge Masvidal venceu Tim Means por decisão unânime dos jurados
TJ Dillashaw venceu Hugo Wolverine por nocaute técnico no primeiro round
Anthony Njokuani venceu Roger Bowling por nocaute no segundo round
Yoel Romero venceu Clifford Starks por nocaute no primeiro round




Fonte:SporTV

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More