quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Ao som do Tihuana, lutadores agitam o Circo Voador em treino aberto

Tradicional palco de shows do Rio de Janeiro recebe, além da música da banda, exibição de movimentos dos principais atletas do UFC Rio 4

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Conhecido por ser um espaço de grande diversidade, o Circo Voador já recebeu diversos tipos de manifestações culturais, mas o que se viu nesta quinta-feira não tem nada de comum para o tradicional palco carioca. Logo após a entrevista coletiva, lutadores do UFC participaram de um treino aberto ao público, evento já tradicional em semanas de lutas da principal organização de MMA do mundo.

Oito dos dez lutadores do card principal deram um aperitivo do que vão fazer no sábado. Chan Sung Jung, adversário de José Aldo na luta principal do UFC Rio 4, começou o seu treino fazendo manopla com um companheiro de equipe. O sul-coreano não variou muito a sua movimentação, e o público pouco vibrou. Para compensar, o show da banda Tihuana começou durante a sua exibição.

Treino de Chan Sung Jung e show do Tihuana ao mesmo no treino aberto (Foto: Andre Durão)

O segundo lutador a entrar no tatame foi o americano Phil Davis, rival do brasileiro Lyoto Machida no próximo sábado.

Com uma apresentação baseada principalmente nos movimentos de wrestling – sua especialidade – o peso-meio-pesado, de 28 anos, empolgou bastante a plateia. Com algumas encenações típicas do WWE (telecatch americano), o americano passou todo o treino aberto focado nas entradas de single leg, double leg, com uma rápida movimentação de jiu-jítsu no chão, tentando até alguns golpes de capoeira.

Phil Davis simula golpes de capoeira durante o treino (Foto: André Durão)

Na segunda música da banda Tihuana, ao som de “Eu quero é ver o oco”, da banda Raimundos, Phil Davis chegou a tirar a camisa para continuar “brincando” de wrestling com seu companheiro de treino.

Ao contrário dos dois primeiros, Thiago Marreta preferiu variar. Ele começou mostrando golpes de trocação. O carioca demonstrou que está esperto com as entradas de queda e se esquivava bem quando o seu companheiro de treino fintava um single leg.

Na segunda parte, Marreta tirou as luvas e partiu para o wrestling, aplicando boas quedas. Ele fez também algumas simulações de golpes no ground and pound.



Chamado em cima da hora para lutar no UFC Rio 4 contra o também brasileiro John Lineker, José Maria “No Chance” fez seu treino aberto baseado em muito boxe.

Começando com uns golpes básicos da nobre arte, desferindo jabs de leve e se movimentando bastante no tatame montado no palco, “No Chance” mostrou muita velocidade e potência nos diretos, arriscando também joelhadas voadoras. Logo depois, uma rápida movimentação de jiu-jítsu no chão, fazendo muitas raspadas em seu companheiro de treino e alguns chutes e joelhadas.

Conhecido como "Mão de Pedra", John Lineker preferiu mostrar o seu ponto forte ao público, o boxe. Ele também usou alguns chutes. De agasalho para ajudar na perda de peso, o paranaense variou pouco os golpes.

Cezar Mutante fez um treinamento bem diferente dos demais lutadores. O vencedor do TUF Brasil 1 passou quase toda sua apresentação sozinho no tatame montado no palco. Primeiro, o mineiro mostrou muita habilidade e preparo físico no treino de corda.

Na segunda música, ao som de Paranoid, do Black Sabatth, Cezar Mutante fez uma breve movimentação no chão com Gilbert Durinho e depois voltou a ficar sozinho no tatame simulando alguns golpes de boxe, joelhada e cotovelada.

Lyoto Machida faz treino de leve no Circo Voador (Foto: Andre Durão)

O penúltimo a subir ao palco foi Lyoto Machida, muito aplaudido. Carateca, o baiano ficou somente na trocação e preferiu não demonstrar muita potência nos golpes. No fim, Lyoto agradeceu o carinho e jogou a camisa que usou para o público.

Ao som de “Killing in the name”, da banda Rage Against The Machine, José Aldo fez o treino aberto com seu técnico Dedé Pederneiras e com ex-lutador Pedro Rizzo.

Começando com uma leve movimentação, José Aldo disferiu alguns jabs e potentes diretos. Já ao som de “Tropa de Elite”, o brasileiro focou seu treino em velozes chutes altos e baixos e joelhadas, mostrando seu repertório para a luta contra Chan Sung Jung.

José Aldo trabalha a trocação com o técnico Dedé Pederneiras (Foto: Andre Durão)

O UFC 163, ou UFC Rio 4, será realizado neste sábado, a partir das 19h30m (de Brasília), com transmissão ao vivo do canal Combate. 


UFC 163 (UFC Rio 4)
3 de agosto de 2013, no Rio de Janeiro

CARD PRINCIPAL
José Aldo x Chan Sung Jung
Lyoto Machida x Phil Davis
Cezar Mutante x Thiago Marreta
Thales Leites x Tom Watson
John Lineker x José Maria No Chance

CARD PRELIMINAR
Vinny Magalhães x Anthony Perosh
Amanda Nunes x Sheila Gaff
Serginho Moraes x Neil Magny
Ian McCall x Iliarde Santos
Rani Yahya x Josh Clopton
Ednaldo Lula x Francimar Bodão
Viscardi Andrade x Bristol Marunde




Fonte:Combate

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More