quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Fábio Maldonado surpreende e pede luta com Chael Sonnen: 'Sou fã dele'

Brasileiro afirma que polêmico lutador americano 'faz bem para o esporte', e diz que também faria bom combate contra o neozelandês James Te Huna

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Após conquistar sua segunda vitória consecutiva no UFC na quarta-feira, em Barueri, o peso-meio-pesado Fábio Maldonado surpreendeu ao pedir uma luta contra o americano Chael Sonnen. A maior surpresa não foi o desafio ao polêmico "Gângster de West Lynn", que entrou recentemente na "lista de desejos" de vários lutadores brasileiros, como Vitor Belfort, Wanderlei Silva e Lyoto Machida, após derrotar Maurício Shogun. O choque maior foi o "Caipira de Aço" expressar admiração pelo controverso lutador, que já trocou provocações com antigos amigos e companheiros de treino de Maldonado, como Anderson Silva e Rodrigo Minotauro.

- Acho ele um bom lutador, muito bom lutador, e acho que ele faz bem para o esporte. Sou fã do Chael Sonnen. Ele fala muitas verdades. Claro, às vezes ele passou do limite, algumas coisas que ele disse eu não concordo. Mas ele fez muito bem para o esporte. Lutador não pode ter medo de dizer as coisas. Você pode não concordar com a minha opinião, mas eu sou eu mesmo e sempre será assim - declarou o sorocabano na entrevista coletiva pós-evento.

Fábio Maldonado (dir.) elogiou postura de Sonnen: 'Lutador não pode ter medo de falar' (Foto: Reprodução)

Maldonado também listou o neozelandês James Te Huna entre seus "alvos" para uma próxima luta, e insistiu que sua vontade de enfrentar Sonnen, cujo forte é o wrestling, é séria. Ele disse que Demian Maia, que já derrotou o americano, o ajudaria nos treinos se o duelo fosse casado.

- Isso é mais sério que a luta de hoje! Claro que é sério, não pode brincar assim. Eu queria lutar com o Chael Sonnen, e com o James Te Huna, vejo que ele é um grande trocador. E o Chael Sonnen, muita gente acha que ele talvez mate meu jogo, que ele conseguiria me amassar, mas eu estou bem treinado, conto com a ajuda do meu amigão (Demian) aqui e todo o pessoal dele. Eu consigo dar um giro. É impossível ver um jiu-jítsu assim, numa situação dessa, estou lesionado. Tenho certeza que posso dar um giro e, se for o James Te Huna, eu troco melhor do que ele, consigo ir bem também - afirmou.

Por ora, Sonnen tem compromisso marcado contra Rashad Evans no UFC 167, em 16 de novembro, em Las Vegas. Já Te Huna enfrenta Maurício Shogun, último adversário de Sonnen, no UFC: Hunt x Pezão, em7 de dezembro, em Brisbane, na Austrália.



Fonte:Combate

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More