terça-feira, 1 de outubro de 2013

Gesto de Campeão: Weidman dá cinturão de presente a garoto com câncer em SP

Anderson Silva se nega a comentar lesão que sofreu na costela antes de enfrentar o americano, que por sua vez não vê revelação como desculpa

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Cansado da rotina de compromissos com a mídia e os fãs no World Tour do UFC 168, Anderson Silva alternou momentos de bom e mau humor na coletiva de imprensa desta segunda-feira, em São Paulo. Com isso, o brasileiro abriu espaço para o campeão Chris Weidman, que mostrou simpatia durante toda a atividade e ganhou muitos aplausos no fim, quando entregou uma réplica de seu cinturão para o garoto Felipe Adorno, que há cinco anos está em tratamento contra um câncer. O menino de 11 anos foi à coletiva graças à mãe, que entrou em contato com a organização, e se disse realizado:

- É um sonho. Estou bastante emocionado - afirmou Felipe, que mesmo com o gesto de Weidman disse que vai torcer pelo Spider, de quem é grande fã.

Feliz da vida e com cinturão, Felipe sorri ao lado de Weidman e Anderson (Foto: Marcos Ribolli)

Em meio às perguntas da coletiva, Anderson causou suspresa nos jornalistas ao se negar a comentar a lesão na costela. No domingo, ele fez a revelação de que enfrentou Weidman no UFC 162 com esse problema e disse que estava com 85% de sua capacidade física:

- Não vamos falar sobre isso, por favor. Isso é passado.


Weidman, por sua vez, foi questionado se a revelação de Anderson soou para ele como desculpa, mas foi respeitoso em relação ao brasileiro:

- Não acho que é uma desculpa. Todos nós atletas lidamos com lesões. Não sei qual foi o problema dele, mas ele não quer falar muito sobre isso.

O presidente do Ultimate, Dana White, reforçou sua empolgação para o duelo que está marcado para 28 de dezembro, em Las Vegas (EUA):

- A cada luta todos perguntam o que vai acontecer se o desafiante vencer o campeão. Esse cara quebrou todos os recordes do UFC, e esse outro venceu o campeão. As coisas aqui são reais. Nós colocamos os melhores do mundo para lutar, e o melhor vence.

Anderson Silva mostrou cansaço por causa do World Tour (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Anderson repetiu que não vai mudar seu estilo para a revanche, mesmo tendo perdido a primeira luta, e Weidman seguiu essa linha de pensamento:

- Acho que lutarei da mesma forma que na primeira luta. A diferença é que agora tenho mais tempo para me preparar. Na outra luta eu estava curando algumas lesões e tive menos tempo de treino. Agora tenho mais tempo de preparação, sem me preocupar com lesões.

Dana White cogita Vitor Belfort x Ronaldo Jacaré

O chefão comentou outros assuntos além do UFC 168 e cogitou a possibilidade de Ronaldo Jacaré voltar ao octógono contra o compatriota Vitor Belfort:

- Na minha opinião, Jacaré é um grande lutador, e sua vitória sobre Okami foi sensacional. Agora ele está machucado, mas definitivamente uma luta com dele contra Vitor Belfort é uma possibilidade.

Um momento curioso ocorreu quando Dana foi questionado sobre a possibilidade de o Spider enfrentar Lyoto Machida e Ronaldo Jacaré. Em uma sessão de perguntas e respostas no Rio de Janeiro, o ex-campeão havia dito que abriria mão de cinturão para não ter de enfrentá-los.

- Anderson Silva é uma pessoa interessante. Às vezes as pessoas fazem perguntas, e ele responde publicamente uma coisa, mas eu digo que, se ele alguma hora tiver pela frente Lyoto Machida na sua categoria, querendo tirar o seu cinturão, vamos ver o que acontece.

Após ouvir Dana White, Anderson pediu a palavra para reforçar que não enfrentaria nenhum dos dois e se irritou quando um jornalista insistiu no assunto:

Encarada séria entre o campeão e o desafiante (Foto: Marcos Ribolli)

- Não, eu não lutaria com ele. Você lutaria com seu irmão? Para com isso - disse ele, que depois abriu um sorriso e completou com um "Agora sim!" quando o tema virou Jacaré x Befort.


Sobre a quase briga de Wanderlei Silva com Chael Sonnen, Dana não se mostrou suspreso:

- A confusão entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen não me surpreende. Há cerca de um ano Chael Sonnen estava aqui falando coisas horríveis sobre o seu país. Então eu sei que os brasileiros não gostam de Sonnen. Bem, alguns gostam. No Fan Expo do ano passado um fã tentou acertá-lo. E Wanderlei Silva é chamado de "Assassino do Machado", e é muito orgulhoso de ser brasileiro.a



Fonte:Adriano Albuquerquer e Cassio Barco/GloboEsporte

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More