sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Recordes do UFC quebrados em 2013 têm Belfort, GSP, Jones e mais. Confira

Organização passa a ter inúmeras novas marcas, como as 5h28m12s como tempo total de luta do canadense e as seis defesas de título do americano

>> Siga o Site no Twitter: @DentrodoRingue
>> Siga o Site no Facebook.com/DentrodoRingue

Os 33 eventos em 27 cidades diferentes proporcionaram aos fãs de MMA 386 lutas em 2013, com um total de 66h54m09s de combates do mais alto nível dentro do UFC. A organização fechou o ano com inúmeros recordes quebrados, criando novas marcas dentro do esporte e aumentando a motivação para quem quiser fazer parte da nata do Ultimate.

Entre esses novos recordistas está o brasileiro Vitor Belfort, primeiro lutador na história do UFC a vencer três adversários com chute na cabeça em um só ano. O feito de Jon Jones foi outro: o americano alcançou a sexta defesa de cinturão dos meio-pesados com sucesso, desempatando com Tito Ortiz, antigo recordista na categoria. Já Georges St-Pierre chegou a 5h28m12s dentro do octógono com os 25 minutos de combate contra Johny Hendricks e passou a ser o atleta com o maior tempo de luta na organização.

Belfort acerta chute alto em Dan Henderson. Foram três vitórias com o golpe em 2013 (Foto: Getty Images)

Um total de 407.452 pessoas pagaram ingressos para ver essas e muitas outras marcas serem quebradas, gerando um total de US$ 52.828.135 (R$ 126.623.756) de arrecadação. Eles também viram seis eventos não terem sequer uma finalização.

O ano também foi de comprovar a força dos brasileiros lutando em casa. Entre os não americanos, os atletas tupiniquins tiveram o melhor desempenho atuando em sua terra natal: 63-45. Contra 47-40 dos canadenses e 38-28 dos ingleses.

Confira abaixo recordes e curiosidades que ocorreram em 2013. Os números foram divulgados pelo site "MMAjunkie" em parceira com o "FightMetric", que é a empresa responsável por cuidar das estatísticas do Ultimate:

- O evento mais longo do ano foi o UFC: Barão x McDonald, com 168 minutos e 39 segundos de tempo de luta. O mais curto foi o UFC: Belfort x Henderson, que teve 64 minutos e 24 segundos.

- O UFC: Minotauro x Werdum II contou com dez lutas terminando por finalização ou nocaute, empatando com o UFC Fight Night 13 no recorde de combates que não acabaram por pontos.

- Nocaute mais demorado da história: Cain Velásquez venceu Junior dos Santos aos 3m09s do quinto round do UFC 166.
Cain Velasquez acertou 274 golpes em Junior cigano no 166. Recorde dos pesados (Foto: Getty Images)

- Maior número de golpes aplicados da história do peso-pesado: Cain Velásquez acertou 274 golpes em Cigano no UFC 166. Por outro lado, Phil De Fries não conseguiu acertar Matt Mitrione uma vez sequer no UFC: Mousasi x Latifi.

- Ryan Bader venceu Vladimir Matyushenko aos 50s do primeiro round no UFC: Johnson x Dodson, batendo o recorde de finalização mais rápida da história dos meio-pesados.

- Khabib Nurmagomedov completou 21 quedas contra Abel Trujillo no UFC 160 e bateu o recorde da história da organização.

- Nocaute mais rápido: Demetrious Johnson venceu Joseph Benavidez aos 2m08s do primeiro round no UFC: Johnson x Benavidez e bateu a marca do peso-mosca.

- Em 2013, Velásquez chegou ao nono nocaute, melhor marca entre os pesos-pesados.

- Gabriel Napão empatou com Frank Mir no maior número de vitórias contando finalizações e nocautes somados: 11 no total.

- A estreia de Jared Rosholt no TUF 18 Finale marcou o 12º par de irmãos em ação no UFC. Seu irmão, Jake Rosholt, fez três lutas no Ultimate em 2009.
Ryan Couture (dir.) passou a ser o primeiro filho de um (ex) lutador do Ultimate a também atuar na organização. Seu pai, Randy, foi campeão dos meio-pesados e dos pesados (Foto: Getty Images)

- Ainda no assunto família, a estreia de Ryan Couture no UFC: Mousasi x Latifi marcou a primeira vez que um pai e um filho lutaram no Ultimate. O pai dele, Randy Couture, é ex-campeão dos pesados e dos meio-pesados e membro do Hall da Fama da organização.

- Jon Jones e Alexander Gustafsson bateram o recorde de uma luta dos meio-pesados (e a segundo marca entre todas as categorias) no quesito golpes significativos aplicados. Somados, foram 244 no UFC 165.

- Jones também quebrou o recorde de Tito Ortiz no número de defesas de título com vitória na categoria, com seis.

- Rashad Evans venceu sua 13ª luta nos meio-pesados durante o UFC 167, empatando com Chuck Liddell e Jon Jones no recorde da divisão.
Chael Sonnen se tornou o terceiro lutador a ter
0-3 em disputas de cinturão (Foto: Getty Images)

- Chael Sonnen se tornou apenas o terceiro lutador da história do UFC a ter 0-3 em disputas de cinturão, depois que perdeu para Jones no UFC 159. Os outros dois foram Kenny Florian e Pedro Rizzo.

- Belfort se tornou o primeiro lutador na história do UFC a vencer três lutas seguidas por nocaute decorrente de um chute na cabeça - contra Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson. O brasileiro também é o único a ter três vitórias deste tipo no Ultimate.

- Georges St- Pierre passou para o primeiro lugar no quesito tempo total de luta após o duelo com Johny Hendricks: 5h28m12s. Ele também se tornou o primeiro campeão do UFC a abandonar voluntariamente o cinturão desde Frank Shamrock, em novembro de 1999.

- Kelvin Gastelum, de 21 anos, se tornou o mais jovem vencedor do TUF ao ser campeão da 17ª temporada nos Estados Unidos.

- Rousimar Toquinho bateu o recorde de finalizações usando chaves na perna ao vencer pela quinta vez desta maneira. Sua última vítima foi Mike Pierce no UFC: Maia x Shields.

- Ao bater Ben Henderson por chave de braço, Anthony Pettis se tornou o primeiro lutador a forçar um campeão do Ultimate a desistir de um combate após uma finalização desde BJ Penn contra Matt Hughes (UFC 45).

- Gilbert Melendez se tornou o quarto lutador na história a ter uma chance de disputar o título em sua estreia no UFC quando enfrentou Ben Henderson pelo cinturão dos leves, em abril. Nenhum desses lutadores foi bem-sucedido.

Mais Combate.com: confira as últimas notícias do mundo do MMA

- O peso-leve Sam Stout foi para a decisão dos jurados pela 14ª vez, é o recorde no Ultimate.

- Edson Barboza se tornou o primeiro lutador na história do Ultimate a ganhar duas vezes por nocaute técnico utilizando chutes nas pernas quando ele bateu Rafaello Oliveira no UFC 162.
Contra Rafaello Oliveira, Edson Barboza conquistou a 2ª vitória com chutes na perna (Foto: Getty Images)

- Gleison Tibau derrotou Jamie Varner por decisão dividida no UFC 164 e chegou à 13ª vitória no peso-leve, assumindo a melhor marca na categoria.

- Nik Lentz passou a ser o primeiro - e até agora único - lutador a derrotar dois lutadores brasileiros em solo tupiniquim. Ele superou Diego Nunes e Hacran Dias respectivamente em São Paulo e Jaraguá do Sul-SC.

- Renan Barão se tornou o único campeão interino na história do UFC a defender com sucesso seu cinturão duas vezes. Ele derrotou Michael McDonald e Eddie Wineland.

Demetrious Johnson: único campeão a vencer
três lutas em 2013 (Foto: Getty Images)

- Urijah Faber foi o único lutador a vencer quatro lutas em 2013. Ele derrotou Ivan Menjivar, Scott Jorgensen, Iuri Marajó e Michael McDonald. Faber foi também o único lutador do ano a ter três vitórias por finalização.

- George Roop conquistou sua primeira vitória no peso-galo do Ultimate durante o UFC 158, sendo apenas o terceiro lutador da história a triunfar em três categorias diferentes. Os outros foram Diego Sanchez e Kenny Florian.

- Ronda Rousey se tornou a primeira mulher a vencer uma luta sob a bandeira do UFC, quando ela defendeu com sucesso seu título contra Liz Carmouche no UFC 157.

- Julianna Peña se tornou a primeira mulher a vencer o TUF. Ela foi a campeã da 18ª temporada da série.

- Demetrious Johnson defendeu com sucesso seu título três vezes neste ano, mais do que qualquer outro campeão.



Fonte:Combate

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More