segunda-feira, 25 de maio de 2015

Time Shogun abre 6 a 0 no TUF com vitória de Netto BJJ sobre Índio Brabo

Programa também mostra drama de Soldado, que foi obrigado a desistir por conta de contusões e infecção na boca. Reginaldo Vieira assume seu lugar e enfrenta Adamas


Se o TUF BRasil 4 fosse a Copa do Mundo de 2014, o Time Shogun seria a Alemanha, e o Time Nogueira, o Brasil. Com a vitória de Netto BJJ sobre Erick Índio Brabo por decisão, após massacre no segundo e terceiro round, já são seis vitórias para a equipe do lutador curitibano, contra zero para a do peso-pesado, que substituiu Anderson Silva durante esta edição do reality. O capitulo deste domingo também contou com a desistência de Giovanni Soldado, que saiu do programa por conta de contusões no ombro e na virilha e de uma infecção na boca. Em seu lugar, entraria Leandro Higo, mas o atleta também desistiu, abrindo espaço para Reginaldo Vieira ser o adversário de Matheus Adamas. Os dois farão a próxima luta do programa, domingo que vem.

Netto BJJ consegue vitória dominante sobre Erick Índio Brabo no TUF, abrindo 6 a 0 para Time Shogun (Foto: Reprodução)

O episódio deste domingo começou com um pedido de desculpas. Leandro Higo se arrependeu de não ter cumprimentado Bruno Korea após a luta entre os dois, que terminou em vitória do último por finalização, no programa passado. Depois disso, houve um momento de confraternização entre os atletas de ambas as equipes, com Giovanni Soldado e Matheus Adamas enaltecendo o momento especial pelo qual todos estavam passando na carreira.


O foco foi logo direcionado ao combate do episódio, entre Netto BJJ e Erick Índio Brabo. Netto foi quem se apresentou primeiro. O atleta falou sobre as dificuldades que passa para ser um lutador profissional, e afirmou que seu objetivo é aproveitar a chance dada pelo TUF Brasil para construir uma trilha de sucesso no UFC.


- Eu acho que meus treinadores escolheram essa luta porque meu jogo casa com o dele. Eu abri mão de muita coisa, deixei família, amigos e namorada. Moro longe de todo mundo que eu tenho um apego maior. Tem muitos lutadores no Brasil, então tenho que agarrar essa chance - disse o atleta.


Erick da Silva foi o próximo, e aproveitou para explicar o motivo do apelido: Índio Brabo. O manauara falou que a alcunha nasceu durante treinamentos, quando juntaram uma brincadeira com o lugar de onde vem, Amazonas, e a garra que costuma mostrar.


- Eu não desisto, não paro de treinar. Então os caras começaram a falar: "Esse índio é brabo, hein". E é isso que eu sou, cara. Um índio brabo - brincou.


O atleta do Time Nogueira contou o problema familiar que vive:


- Meu pai sofre de uma hérnia de umbigo. Já tentamos fazer essa cirurgia de algumas maneiras, mas não conseguimos. Isso me mantém mais forte. Me deixa mais seguro do que eu tenho que fazer para me tornar um campeão.


SOLDADO DESISTE POR CONTUSÕES, E HIGO ASSUME SEU LUGAR

Tendo apresentado algumas contusões na última semana de treinos, Giovanni Soldado começou a preocupar o time Shogun. O lutador machucou o ombro após sparring com Glaico Moreira, e começou a viver drama em relação à sua permanência no reality. Além disso, o atleta teve que ir ao médico tratar de um problema de ressecamento nos lábios, causado por uma bactéria.


Depois da consulta, o lutador começou a tomar remédio e usar uma máscara para evitar que os outros participantes não fossem infectados. E ainda que o fato inusitado tenha gerado brincadeiras no início, Soldado acabou caindo nas lágrimas por conta da série de contratempos, e desabafou com Dileno Lopes, enquanto era alentado pelo companheiro.


- Nunca tive nada disso, parceiro. Estou sentindo muito mal estar, vontade de vomitar. Estou "arriado" - falou.


O atleta foi para um treino específico, e acusou os efeitos colaterais dos antibióticos que vem tomando. Logo no início das atividades, Soldado preferiu se retirar, e desabou em lágrimas novamente no vestiário.

Giovanni Soldado se emociona após anunciar saída do TUF 4, devido a lesões e infecção na boca (Foto: Reprodução)

- É muito difícil para os atletas de MMA tomarem antibiótico, porque dá muita "leseira" no treino. Além disso, faz que com fique difícil baixar o peso, porque retém muito líquido - falou Shogun.

Sentido muita dificuldade em voltar aos treinos, Soldado resolveu desistir da luta. O atleta já não mostrava mais ter condições para continuar a rotina intensa, e teve que abandonar o programa, provocando um momento de muita emoção com seus companheiros.


Logo após o anúncio de sua desistência, Dana White, presidente do UFC, ofereceu a luta contra Matheus Adamas, último peso-galo restante no Time Nogueira, para Leandro Higo, que perdera para Bruno Korea no programa anterior. Após alguns momentos de hesitação, o atleta acabou aceitando.



RING GIRL DA SEMANA: NOELLE FREEMAN

A americana Noelle Freeman foi a ring girl do episódio deste domingo (Foto: Reprodução)

Com 25 anos, a americana Noelle Freeman foi a ring girl do episódio deste domingo. Mostrando muito carisma e ostentando o sorriso característico no rosto, a morena, que trabalha com marketing, se mostrou motivada para impressionar o público nesta edição do programa.


- Acho que tenho o que é necessário para ser uma octagon girl, porque tenho muita energia e estou muito empolgada. Acho que sorrir e trazer essa empolgação é fundamental.


TIME SHOGUN ABRE 6 A 0 COM VITÓRIA DE NETTO BJJ

Mais concentrado e preciso no jogo em pé desde o início da luta, Netto BJJ dominou completamente Erick Índio Brabo no segundo round e promoveu um verdadeiro massacre no terceiro, conseguindo assim a sexta vitória seguida do time Shogun na competição. O lutador trabalhou bem a trocação, respondendo a maior agressividade do adversário com muita paciência e potência nos golpes.


- Lutei pelo Soldado hoje. Até na hora da luta estava pensando nele. Dedico minha vitória ao Soldado - disse Netto ao fim do combate, se referindo ao colega que foi obrigado a desistir do programa.

Netto BJJ acerta bom jab em Erick Índio Brabo, no TUF Brasil 4 (Foto: Reprodução)

O primeiro round começou com muita movimentação por parte de Erick Índio Brabo, e muito estudo e paciência do lado de Netto BJJ. O lutador do Time Nogueira rodou o octógono o tempo inteiro, buscando pressionar o adversário. Dominando o centro, BJJ assumiu postura mais conservadora, mas conseguiu conectar bons golpes. Quando faltava dois minutos para o fim do primeiro assalto, no entanto, Netto partiu para cima e conectou bombas no oponente, que chegou a balançar.


A trocação ficou franca, com ambos os lutadores atingindo e sendo atingidos. Claramente levando a pior, Erick tentou levar o oponente para o chão, mas a investida foi bem defendida. O round inicial terminou com o atleta do Time Nogueira bem avariado, com sangramentos pelo rosto.


A tônica continuou a mesma no segundo assalto: agressividade de um lado, precisão do outro. Mas com o dois lutadores já mais cansados, o ritmo diminuiu, e a troca de golpes foi menos intensa. Novamente, Netto BJJ foi quem acabou levando vantagem. O atleta do Time Shogun acertou golpes mais claros, incluindo um cruzado limpo, que levou o oponente à lona. Índio parecia entregue no combate, se limitando a sobreviver aos duros golpes do adversário.


Os juízes laterais viram empate nos dois rounds, e a luta teve que ser decidida no terceiro. Surpreendentemente recuperado do atraso que levou no segundo assalto, Índio continuou partindo para cima, e pegou BJJ de surpresa com uma sequência de cruzados. Netto continuava mais sóbrio, mas encontrava mais resistência do outro lado. Na raça, Erick Índio Brabo colocou pressão na grade e fez força para colocar BJJ para baixo, parando novamente na boa defesa de quedas do lutador do Time Shogun. Índio teve que ser atendido pelos médicos por conta de um corte no rosto e, na volta, voltou a levar a pior em cima. O massacre continuou até o fim do round, e BJJ conquistou mais uma vitória ao Time Shogun, que já abre 6 a 0.


LEANDRO HIGO ACUSA LESÃO; REGINALDO ENFRENTARÁ ADAMAS

Após decidir entrar na vaga de Giovanni Soldado, Leandro Higo voltou atrás e desistiu da luta contra Matheus Adamas. O atleta visitou um médico, que constatou a lesão sofrida nas costelas devido a um chute rodado conectado por Bruno Korea. Sem condições de treinar, o lutador do Time Nogueira preferiu não se arriscar.


Em seu lugar, entrou Reginaldo Vieira, que havia perdido no programa anteriormente, assim como Higo. Muito amigo de Adamas, Reginaldo comentou o laço forte de amizade que criou com seu próximo oponente durante a estadia na casa.

Matheus Adamas e Reginaldo Vieira fazem combate no próximo episódio do TUF Brasil 4 (Foto: Reprodução)

- Ele me ajudou no momento mais difícil que tive aqui. É uma batalha muito difícil, e vou aceitá-la de peito aberto - disse.


- Não sei como é lutar contra um amigo. Agora, vou saber - falou Adamas.


O combate entre os dois vai protagonizar o próximo episódio do The Ultimate Fighter Brasil 4, que será exibido no próximo domingo.




Por:GloboEsporte

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More