segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Árbitro do Jungle Fight morre em acidente de moto no Rio de Janeiro

Alessandro Souza, 46 anos, teve traumatismo encefálico e pneumotórax e não resistiu


O mundo do MMA sofreu uma perda neste domingo. Árbitro do Jungle Fight há cerca de quatro anos, Alessandro Souza morreu nesta tarde, por volta das 16h (de Brasília), ao se envolver em um acidente de moto na Autoestrada Lagoa-Barra, no Rio de Janeiro. Segundo apurou o Combate.com, Alessandro derrapou ao fazer uma curva e se chocou em uma árvore por volta das 13h30. Ele foi levado para o hospital Miguel Couto com traumatismo encefálico e pneumotórax, mas não resistiu à cirurgia.

Alessandro Souza (de verde) morreu na tarde deste domingo em acidente de moto (Foto: Divulgação/Jungle Fight)

Alessandro tinha 46 anos, era membro da Liga Carioca de Muay Thai, casado e deixa um filho de 3 anos. A organização do Jungle Fight divulgou uma nota de pesar sobre a morte do árbitro, dizendo que ele "será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, lealdade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos".


O presidente do Jungle Fight, Wallid Ismail, afirmou ao Combate.com que pretende ajudar a família de Alessandro Souza com o que for preciso.


- A vida é muito louca. Agora é ver o que a família precisa, vamos tentar ajudar o máximo possível. O Flávio Almendra já está junto deles para saber onde vai ser velório e enterro. É inacreditável... Moto é fogo... - disse Wallid, abatido com a perda do amigo.


Nota de pesar do Jungle Fight:

"É com muito pesar que informamos sobre a morte do nosso grande amigo e companheiro de jornada Alessandro Souza, hoje, dia 10 de janeiro de 2016. A sua morte nos pegou de surpresa e o levou de nós repentinamente. Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que lhe ilumine e lhe dê paz, e que Deus dê conforto à sua família para que possam enfrentar esta imensurável dor com serenidade.

Agradecemos imensamente o tempo que pudemos conviver com ele, que será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, lealdade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos. Devemos sempre lembrar que Deus quer ao seu lado os melhores, e com certeza o nosso amigo já está ao lado do Senhor cumprindo uma nova missão.

Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos."




Por:Raphael Marinho/Combate.com

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More